Diferenças entre WPA e WPA2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diferenças entre WPA e WPA2

Mensagem  Tiago em Sab Nov 24, 2007 6:33 pm

Em Abril de 2003, a Wi-Fi Alliance, introduziu um protocolo de segurança conhecido como WiFi Protected Access (WPA), com base na proposta de alteração do IEEE 802.11i. O WPA foi desenhado para ser o substituto da WEP nas redes sem fios, sem necessidade de substituição de hardware, usando um subconjunto IEEE 802.11i.
Quem optar pela utilização do WPA pode ter as seguintes vantagens:


  • Criptografia forte usando a Temporal Key Integrity Protocol (TKIP), com base na cifra RC4;

  • WPA - Enterprise, um mecanismo de autenticação na rede usando IEEE 802.1x e os vários tipos de EAP, a EAP / TLS, TTLS ou PAEP;

  • WPA - Personal, um mecanismo que usa a TKIP sem a autenticação IEEE 802.1x pelo através do uso de uma chave publica, destinados aos computadores da redes.


Em Julho de 2004, o IEEE aprovou a versão final do padrão IEEE 802.11i , que foi rapidamente seguido por um certificado da WiFi Alliance conhecido como WPA2. WPA2 baseia-se no mecanismo Robust Security Network (RSN), que prestou apoio de todos os mecanismos disponíveis no WPA, bem como:

  • Criptografia forte e de autenticação apoio à infra-estrutura e redes ad hoc (WPA está limitado a redes de infra-estruturas);

  • Redução sobrecarga durante a autenticação na WLAN;

  • Apoio à pré-autenticação, em que uma estação completa a autenticação IEEE 802.1X troca antes de itinerância;

  • Suporte para o CCMP (Counter Mode com Cipher Block Chaining Message Authentication Code Protocol) que é um mecanismo de criptografia baseado no Advanced Encryption Standard (AES) cifra como uma alternativa para o TKIP protocolo.

Em Março de 2006, o certificado WPA2 tornou-se obrigatório para todos os novos equipamentos certificados pelo Wi-Fi Alliance, assegurando que qualquer novo equipamento irá usar tanto WPA e WPA2.
Ao usar a cifra RC4 (também usado no protocolo WEP), o IEEE 802.11i foi capaz de melhorar a segurança das redes com a TKIP enquanto o IEEE 802.11i final foi concluída. É importante notar, no entanto, que TKIP foi concebido como uma solução provisória para a segurança sem fio, com o objectivo de fornecer garantias suficientes de 5 anos, enquanto as redes sem fios das organizações não forem actualizadas para a usar versão final do mecanismo de segurança IEEE 802.11i. Até lá não foram cruciais nenhumas das deficiências relatadas no protocolo TKIP.


Tiago

Número de Mensagens: 6
Idade: 24
Data de inscrição: 12/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum